6 motivos para não ignorar a pesquisa de mercado no trade marketing - Grupo Facta | Soluções em PDV & Trade Marketing | São Paulo/SP

6 motivos para não ignorar a pesquisa de mercado no trade marketing

A pesquisa de mercado no trade marketing é a etapa mais importante de uma estratégia de vendas. Afinal, ela permite fazer um estudo detalhado para compreender melhor a realidade em que a empresa está inserida. Também revela a relação com clientes, produtos, serviços, perspectivas da concorrência, entre outros aspectos.

Por que um produto vende bem em um ponto de venda, mas sobra aos montes na prateleira do outro, mesmo que ambos tenham características parecidas? “Mistérios” assim podem ser desvendados facilmente a partir de uma pesquisa.

Pensando nisso, hoje nós vamos abordar o tema e você vai ter bons motivos para abraçar essa ideia. Boa leitura!

Entenda a importância da pesquisa de mercado no trade marketing

O trade é uma atividade que exige muito dinamismo: organização dos canais de venda, relacionamento com fornecedores, distribuição de produtos, padronização de layout, ações de merchandising e outros. Ou seja, não dá para gerenciar tantas coisas sem o conhecimento de números e indicadores capazes de apontar o caminho certo.

Para você ter uma ideia do quanto a pesquisa é relevante para o sucesso de um negócio, ela não só ajuda a identificar novas oportunidades, mas fornece informações valiosas sobre a realidade do mercado, do shopper e da concorrência.

Isso inclui saber como o produto será recebido, quem exatamente vai se interessar e até o preço que as pessoas estarão dispostas a pagar. Como conhecer as vantagens que os concorrentes têm sobre você, bem como as reações do seu público sobre o tipo da embalagem adotada, o design, sabor e outros detalhes se não por meio de estudo?

A pesquisa orienta as relações entre fabricantes e canais de venda a partir do conhecimento das necessidades do cliente. Dessa forma, é possível aumentar o engajamento, fortalecer a marca, valorizar produtos e serviços, otimizar os resultados.

Veja 6 motivos para adotar a pesquisa de mercado de uma vez por todas

Hoje, com a tecnologia que temos à nossa inteira disposição, seria incoerente não usá-la para turbinar a tomada de decisão nos negócios.

Confira os motivos pelos quais você deve pensar mais sobre isso.

1. Conhecer o público-alvo

A necessidade de identificar o perfil do shopper e potenciais compradores é tradição em qualquer ação de marketing, sobretudo no trade. É importante lembrar que para agradar alguém é preciso saber o que ele gosta, que tipo de linguagem utilizar, o estilo: casual, formal, descolado, etc.

Nesse sentido, a pesquisa mostra todas as informações que você precisa para fazer com que a sua mensagem seja percebida, sentida e absorvida. Dados demográficos como: idade, sexo, renda, localização, ocupação, estado civil e outros são apenas alguns exemplos.

A partir daí, fica mais fácil transformar visitantes em clientes, o primeiro passo para encantar e fidelizar. Lembre-se que a satisfação das pessoas incentiva o marketing boca a boca, pois elas recomendam a sua marca para amigos e familiares.

2. Analisar os hábitos de consumo do shopper

A pesquisa de mercado no trade marketing sobre os hábitos de compra buscam entender o comportamento do shopper, os itens que ele mais consome, com qual frequência, a média de gasto por pedido e outros detalhes. Saber disso influencia positivamente na tomada de decisão do gestor, pois ele dispõe de uma visão abrangente que aponta caminhos e mostra resultados.

Além do mais, também é possível saber de forma clara questões específicas, como: formas de pagamento preferidas, redes sociais mais utilizadas, o que estão pesquisando antes de fazer uma compra, banners ou links que mais converteram em compra, etc.

3. Identificar e analisar as ações dos concorrentes

Ninguém investe em um negócio sem antes dar uma espiadinha na concorrência, não é mesmo? Acontece que esse cuidado deve se perpetuar durante toda a gestão, pois é preciso manter os olhos bem abertos para não ser passado para trás.

Sendo assim, a pesquisa é útil para observar pontos fortes e fracos daqueles que vendem produtos similares aos seus. Ela analisa ainda o sistema de vendas e distribuição, políticas de preço e cobrança, ações de marketing, qualidade de produtos e serviços.

Com as ferramentas adequadas ainda é possível realizar estudos comparativos. Por exemplo, você pode acompanhar informações sobre tipos e quantidades de mercadorias vendidas pelas empresas da região. O maior ganho é aperfeiçoar suas decisões de planejamento, marketing e vendas.

4. Reduzir gastos desnecessários

Sem uma pesquisa de mercado o resultado das ações fica refém da sorte. Nesse caso, as despesas se tornam muito maiores, como: falhas na distribuição que acarretam prejuízos financeiros, retrabalho da equipe, material impresso desperdiçado, mercadoria sobrando no estoque, entre outros.    

Por outro lado, conhecer o território é levar em consideração o mapa das atividades, características de cada localização, tamanho e público. Tudo isso garante um maior alinhamento dos objetivos e estratégias, o que favorece a redução de custos.

5. Acompanhar as tendências

A pesquisa apresenta as principais tendências do mercado. Isso acontece porque existe um estudo sobre o comportamento do público, bem como suas necessidades e anseios. Você pode se antecipar, inovar e se destacar da concorrência se souber transformar informações em ideias.

Os impactos positivos são extensivos ao promotor de vendas, o profissional que está sempre em campo, dentro das áreas do trade. Ele precisa monitorar as ações, conhecer as novidades do setor e planejar a comunicação da forma mais acertada possível.

6. Compreender as necessidades de cada ponto de venda

Cada PDV tem um perfil de shopper específico que está em busca de um determinado tipo de experiência. Então, nada melhor que oferecer o produto certo, no lugar certo. Para isso, é preciso compreender o contexto do lugar onde o trade é trabalhado por meio da pesquisa.

Afinal, é importante saber os interesses, a renda e o comportamento de compra de quem transita ali por perto. Outras questões que devem ser levadas em conta: a região é segura? Será preciso investir mais ou menos em segurança? Quais as opções de transportes coletivos?

Como você viu, é essencial reunir informações relevantes e compartilhar com a equipe para trabalhar o trade de forma eficiente. Conhecer bem o público, a concorrência, as tendências de mercado e as características de cada ponto de venda faz toda a diferença no alcance dos resultados.

Apenas a pesquisa de mercado no trade marketing é capaz de revelar dados que, convertidos em informações, podem direcionar mais recursos para o que está dando certo, ajudar a avaliar o desempenho das ações e alcançar os objetivos mais rapidamente.

Que tal acompanhar outros conteúdos como este? Curta a nossa página no Facebook e siga-nos no LinkedIn para receber novidades em seu feed de notícias.

Posted on 28 de Março de 2018 in Aprendizado

Compartilhar este post

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top